15.10.09

AVESSO





Tu és o peixe nesse aquário

sempre a mergulhar na falta de ar.

És uma espécie de abecedário

que apaga as vogais para não falar.

És como um dia de aniversário

que acaba e se deita antes de acordar.

E as páginas escritas do teu diário

falam de dias que nem vão chegar.

Antes de saíres do teu armário,

trancas bem as portas de par em par.

Um dia queres ser antiquário,

e a seguir, vendes tudo para renovar.

Na tua vida fazes inventário

de coisas que nem chegaste a comprar.

Ensaias o texto, pintas o cenário,

mas fechas o pano antes de estrear.



Procuras sentido no dicionário,

para o vício que tens de ser solitário,

mas não há palavra, nem obituário

que explique a razão de viveres ao contrário.

5 comentários:

João disse...

"eu hoje acordei... voltada do avesso!" ;)

És como um espectáculo que não queremos que acabe.. Daqueles que fazemos bis vezes e vezes sem conta e que ficávamos horas a fio a escutar se o artista nos deixasse...
clap clap clap!

raquel disse...

:-) Thanks!!!! O nosso desafio ficou em standby por causa do período de quarentena, mas não ficou esquecido. Estou recuperada! E o disco? Chegou? Beijos mil

João disse...

Cada dia que passa ou te leio fico mais renitente na tentativa de enforcamento que eu próprio propus...
*glup*

antonio disse...

essa musica é minha!!!

raquel disse...

tal e qual